Pesquisa personalizada

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

O NOVO INSTRUMENTO PEDAGÓGICO A “WEBQUEST”.

A Webquest, traduzido ao pé da letra significa “Busca na Web”. “É uma forma de resolver problemas criativamente e ensinar os alunos a pensar”, explica Bernie Dodge professor da Universidade Estadual de San Diego (California – EUA) e criador desse novo conceito de aprendizado: a webquest.
A mesma é uma página na internet, feita pelo professor, que apresenta aos alunos uma tarefa a ser cumprida com base no conteúdo trabalhado durante as aulas. E tem como objetivo aproximá-lo da realidade dos estudantes. Os alunos desenvolvem pesquisas sobre determinado assunto em web sites selecionados pelo professor.
Para elaborar a webquest o professor deve seguir a seguinte estrutura: 1 – Introdução; 2 – Tarefa; 3 – Processo; 4 – Recurso; 5 – Avaliação.
O professor contextualiza o tema a ser trabalhado para seus alunos. Em seguida, apresenta a proposta de trabalho e seus objetivos. Depois, explica quais as etapas a serem cumpridas. Os recursos que serão disponibilizados para a pesquisa, ou seja, os links, que o professor monta com endereços eletrônicos confiáveis na rede, que os alunos usarão como fonte. E por último os critérios de avaliação da tarefa.
Segundo Bernie tinha uma inquietação em relação ao papel do educador na atualidade, este foi um dos motivos o que motivou a criação da Webquest. Segundo ele, queria encontrar uma forma de transformar os alunos durante o processo pedagógico, de modo que o professor não fosse mais a figura transmissora de conhecimento na sala de aula. “o objetivo do professor não é a transmissão, é a transformação, e o papel deles é reunir fontes de conhecimento para os alunos e ajudá-los a usá-los.
Acredito que a webquest é um excelente instrumento pedagógico, visto que a cada dia as tecnologias em especifico a internet vem ganhando espaços na educação, assim, os professores não podem deixar de desfrutar dessa mais nova ferramenta de ensino.
Postar um comentário

Google+ Followers