Pesquisa personalizada

domingo, 23 de janeiro de 2011

Situações Didáticas

       O Referencial Curricular do Ensino Fundamental em específico em matemática traz várias sugestões quanto às situações didáticas possibilitando abordar os conteúdos de forma a promover a aprendizagem dos alunos. Seguem abaixo na integra as sugestões acima citada.

        Em Números e Operações o professor poderá, por exemplo, dar um enfoque histórico do surgimento dos números, das  reais necessidades de suas operações; oferecer condições para que os alunos possam representar quantidades e ordens de grandezas através de propriedades numéricas; construir o significado dos números negativos e suas operações, através de análise de extrato bancário, fusos horários e outros modelos presentes no seu meio social; fazer a localização dos diversos tipos de números na reta numérica e no plano cartesiano (que poderá ser desenhado em cartolinas ou até no pátio da escola) analisando a ordenação numérica; trabalhar com a metodologia de resolução de problemas significativos para abordar as operações numéricas e expressões algébricas.
      No eixo norteador de Espaço e Forma  o estudo da geometria constitui um campo produtivo para a exploração de materiais concretos, talvez seja este bloco de conteúdos o que melhor valoriza os sentidos e percepções dos alunos em suas aprendizagens, pois permite que estes, partindo da observação de formas, cores e dimensões simples do seu cotidiano, possam chegar a convenções e propriedades geométricas dos objetos.
Neste contexto, o professor tem inúmeras possibilidades de abordagem dos conteúdos, pode, por exemplo, partir de desenhos à mão livre, desenho com réguas, compasso, esquadros etc., observações sistemáticas de um meio real, usar a câmara fotográfica na identificação de várias formas geométricas no próprio ambiente em que está inserido, pois há a possibilidade de ser feita uma correlação entre essa forma e as apresentadas no livro didático, recortar figuras planas, compor e decompor os poliedros; poderá, também, fazer conexões com grandezas e medidas no cálculo de perímetros e áreas, com o auxílio da fita métrica e análise de desenhos, mosaicos, pinturas e esculturas artísticas.
        No estudo das Grandezas e Medidas os alunos podem medir comprimentos e outras grandezas com instrumentos pessoais; medir a massa de determinado objeto pela comparação com a massa de outros objetos. O professor pode mostrar aos alunos o tipo de relação entre grandezas dependentes (quantidade/preço, trabalhadores/tempo de conclusão de uma obra...), através de exemplos contextualizados e significativos para o aluno, explorar conteúdos da matemática financeira com aplicação no comércio; trabalhar a generalização de situações equacionáveis por processo algébrico, construindo e ampliando o conceito de variável e transportar estas ideias para valores numéricos...
          Em Tratamento da Informação os alunos podem coletar o nome e a idade dos colegas de turma, organizá-los em ordem alfabética ou crescente/decrescente, representar o resultado em tabela simples; construir gráficos de barras, nome x idade, disciplina x nota, representar uma mesma variável em eixos diferentes, construir gráficos de linha, de setores (explorando inclusive porcentagem). O professor poderá explorar informações gráficas contidas em jornais, revistas; realizar experiências simples de combinações com materiais coloridos; utilizar o jogo de dados e roletas para iniciar o estudo das probabilidades; calcular a média de idade dos alunos da turma, a média das notas obtida pelos alunos  em uma disciplina num determinado bimestre.
       Além desses recursos, o professor deve cobrar dos alunos uma postura diferenciada, de modo que ele (aluno) possa:
  • Buscar elementos necessários para a resolução de um problema, mais importante que a simples resolução de um exercício que exija uma resposta pronta. Por exemplo: a tentativa, pelo aluno, de descobrir a área de sua sala ou de sua quadra de esporte, o volume da caixa d'água, ou o comprimento do muro de sua escola, faz com que ele assimile com muito mais rapidez, e de forma definitiva, a idéia do cálculo de área, volume e perímetro; Pensar, raciocinar, relacionar idéias, descobrir que ele é o principal agente na construção do seu próprio conhecimento. Por exemplo, jogos, desafios, quebra-cabeças, adivinhações, charadas, problemas curiosos, brincadeiras etc, auxiliam o aluno a pensar logicamente, a relacionar idéias e a realizar descobertas de formas autônomas, em lugar de simplesmente imitar repetir e seguir o que o próprio professor faz, explica e ensina;
  • Valorizar-se levando em conta a experiência acumulada por ele durante toda sua vivência, e a partir daí iniciar o trabalho de construção e aplicação dos conceitos matemáticos; Realizar o cálculo mental, cálculo escrito e estimativa.
Bibliografia.
Referencial Curricular do Ensino Fundamental das escolas públicas do Estado do Tocantins: Ensino Fundamental do 1º ao 9º ano. 2ª Edição / Secretaria de Estado da Educação e Cultura. -TO: 2008.

    Habilidades e Conteúdos: 9° Ano - 1° Bimestre:



    Eixo Norteador: Números e Operações
    Habilidades: 
    Compreender a diferença entre os conjuntos dos números Naturais, Inteiros e Racionais e sua aplicação no cotidiano.
    Ser capaz de utilizar-se da adição, subtração, multiplicação, divisão e potenciação de números reais na resolução de situações-problema.
    Diferenciar os conjuntos racionais e irracionais resolvendo operações e situações problema que envolva conhecimento dos números reais.
    Representar na reta numérica os números Naturais, Inteiros, Racionais e Irracionais estabelecer critérios de comparação e ordenação.
    Compreendero significado de radiciação,extrair e efetuar raízes n-ésimasde números reais.
    Identificar as propriedades fundamentais da potenciação e da radiciação.
    Realizar operações de (adição, subtração, multiplicação, divisão e potenciação) comradicais.
    Simplificar radicais usando a propriedade do quociente de raízes quadradas e raízes em geral.
    Racionalizar o denominador de uma fração.
    Conteúdos :
    Conjunto dos Números Reais
    Significados, representação, ordenamento e operações.
    Potenciação
    Potência deumnúmero real
    Potência e suas propriedades
    Representação dos Reais na reta numérica.
    Notação Científica – potência de base.
    Radicais:
    Propriedades e operações.
    Racionalização de denominadores.


    Eixo Norteador: Espaço e Forma
    Habilidades: 
    Localizar-se no tempo e no espaço, a partir do desenvolvimento da lateralidade, e noção de distância, espaço e tempo.
    Resolver problemas utilizando a geometria do deslocamento.
    Efetuar operações envolvendo razão e proporção.
    Identificar segmentosproporcionaisemumfeixe de retasparalelase emfiguras semelhantes.
    Ampliar e reduzir figuras, bem como reconhecer as características de figuras semelhantes.
    Resolver problemas utilizando o Teorema deTales.
    Explorar objetos do mundo físico, de obras de arte, pinturas, desenhos, esculturas, e artesanatos fazendo conexões com outras áreas do conhecimento.
    Relacionar as relações entre perímetros e áreas de figuras ampliadas e reduzidas.
    Conteúdos :
    Sistema de Coordenadas Cartesianas e deslocamento no plano
    Proporcionalidade e Semelhança:
    Razão entre segmentos.
    Escalas.
    Teorema deTales.
    Ampliação e Redução.


    Eixo Norteador: Grandezas e Medidas
    Habilidades: 
    Calcular o perímetro e a área de uma região quadrada e retangular.
    Calcular o perímetro e a área de uma região limitada por um paralelogramo, trapézio, losango e triângulo.
    Calcular o perímetro e a área de uma região limitada porumpolígono regular.
    Conteúdos :
    Perímetro, área.


    Eixo Norteador: Grandezas e Medidas
    Habilidades: 
    Diferenciar população e amostra emuma pesquisa.
    Ler, interpretar e resolver situações envolvendo noções de Estática e probabilidade.
    Diferenciar e calcular freqüência absoluta e relativa de pesquisa.
    Interpretar dadosemgráficos e tabelas.
    Usar adequadamente calculadora e outros recursos tecnológicos.
    Ser capaz de coletar e organizar dados utilizando estratégias pessoais e convencionais de classificação para interpretar as informações veiculadas no dia-a-dia.
    Construir gráficos diversos.
    Conteúdos :
    Noções de Estatística.
    População e amostra.
    Freqüência absoluta e relativa de uma variável.
    Gráficos e tabelas.

    Bibliografia.
    Referencial Curricular do Ensino Fundamental das escolas públicas do Estado do Tocantins: Ensino Fundamental do 1º ao 9º ano. 2ª Edição / Secretaria de Estado da Educação e Cultura. -TO: 2008.

    Habilidades e Conteúdos: 8° Ano - 1° Bimestre:

    Eixo Norteador: Números e Operações
    Habilidades: 
    Reconhecer números naturais e racionais no contexto diário
    Realizar operações com números inteiros e racionais.
    Desenvolver estratégias de verificação e controle de resultados através do cálculo mental e da calculadora.
    Compreender a diferença do conjunto dos números Naturais, Inteiros e Racionais e sua aplicação no cotidiano.
    Ser capaz de utilizar-se da multiplicação, divisão e potenciação de números inteiros e racionais na resolução de situações-problema.
    Compreender o significado de radiciação, extrair e efetuar raízes quadradas e cúbicas exatas de números inteiros e racionais.
    Diferenciar os conjuntos racionais e irracionais resolvendo operações e situações problema que envolva conhecimento dos números reais.
    Resolver situações-problema envolvendo números decimais e frações, incluindo determinação de frações geratrizes das dízimas.
    Representar na reta numérica os números Naturais, Inteiros e Racionais e estabelecer critérios de comparação e ordenação.
    Conteúdos :
    Números inteiros e racionais (revisão):
    significado, representação.
    Ordenamento, operações e cálculo mental.
    Números Irracionais:
    dizimas e operações.
    Números Reais.
    Potencia e suas propriedades.
    Radiciação e suas propriedades.
    Representação de números reais na reta numérica.

    Eixo Norteador: Espaço e Forma
    Habilidades: 
    Reconhecer elementos intuitivos da geometria como ponto, reta, semi-reta, segmento de reta e plano.
    Identificar as características de retas coplanares, paralelas e perpendiculares.
    Realizar operações com ângulos.
    Identificar retas como: concorrentes, paralelas e coincidentes.
    Reconhecer um ângulo como figura geométrica constituída por duas semi-retas de mesma origem e não coincidentes.
    Identificar e nomear vértice, e lados deumângulo.
    Classificar os diversos tipos de ângulos.
    Associar a um ângulo sua medida em graus usado o transferidor.
    Construir um ângulo, dado sua medida utilizando-se do transferidor e régua.
    Definir representar e construir a bissetriz de um ângulo.
    Reconhecer, representar e relacionar ângulos opostos pelo vértice, ângulos complementares e suplementares.
    Definir e identificar ângulos consecutivos e ângulos adjacentes.
    Determinaro valor do ângulo formado por retas paralelas cortadas por uma reta transversal.
    Conteúdos :
    Retas e ângulos.
    Classificação de um ângulo.
    Bissetriz/ângulos adjacentes, complementares, suplementares e opostos pelo vértice.

    Eixo Norteador: Grandezas e Medidas
    Habilidades: 
    Comparar e estimar medidas de grandezas por meio de estratégias pessoais ou convencionais utilizando unidade de medidas na resolução de problemas.
    Calcular o perímetro e área.
    Determinar a soma dos ângulos internos deumtriangulo.
    Definir, representar e identificar : mediana, altura e bissetriz deumtriangulo.
    Identificar e aplicar corretamente os casos de congruência de triângulos .
    Identificare representar triângulos utilizando corretamente o transferidor, compasso e régua.
    Verificar a existência ou não de um triângulo.
    Conteúdos :
    Triângulos.
    Soma dos ângulos internos.
    Classificação, altura, mediana e bissetriz, congruência.
    Propriedades, perímetro e área.

    Eixo Norteador: Tratamento de Informação
    Habilidades: 
    Ser capaz de coletar e organizar dados utilizando estratégias pessoais e convencionais de classificação para interpretar as informações veiculadas no dia-a-dia.
    Construir gráficos de barras.
    Conteúdos :
    Pesquisa de respostas objetivas.
    Organização de dados de uma pesquisa em listas ou tabelas.
    Gráficos.

    Bibliografia.
    Referencial Curricular do Ensino Fundamental das escolas públicas do Estado do Tocantins: Ensino Fundamental do 1º ao 9º ano. 2ª Edição / Secretaria de Estado da Educação e Cultura. -TO: 2008.

    Habilidades e Conteúdos: 7° Ano - 1° Bimestre:

    Eixo Norteador: Números e Operações
    Habilidades: 
    Reconhecer números inteiros no contexto diário.
    Representar os números naturais e os números inteiros na reta numérica.
    Realizar operações com números inteiros.
    Identificar os números inteiros e estabelecer relação de ordenação entre eles.
    Compreender as relações operatórias dos números inteiros.
    Somar, subtrair, multiplicar e dividir com números inteiros
    Elevarumnúmero inteiro a n-ésina potência.
    Extrair a n-ésina raiz deumnúmero inteiro.
    Desenvolver estratégias de verificação e controle de resultados através do cálculo mental e
    da calculadora
    Conteúdos :
    Conjuntos dos números inteiros:
    significado ,representação e ordenação.
    calculo exato, aproximado, mental e escrito.
    operações (adição, subtração, multiplicação, divisão).
    Representação dos inteiros na reta numérica

    Eixo Norteador: Espaço e Forma
    Habilidades: 
    Determinar a planificação de poliedros e demonstrar visão espacial.
    Explorar objetos do mundo físico, de obras de arte, pinturas, desenhos, esculturas, e artesanatos fazendo conexões com outras áreas do conhecimento.
    Reconhecer o ângulo como elemento de um polígono.
    Identificar os elementos dos sólidos geométricos.
    Utilizar-se da composição e decomposição de formas geométricas para resolver problemas.
    Associar as figuras geométricas planas e os sólidos geométricos a objetos e formas do cotidiano.
    Reconhecer semelhanças e diferenças entre figuras bidimensionais e tridimensionais.
    Conteúdos :
    Formas geométricas planas e espaciais.
    Composição e decomposição de formas geométricas.
    Arte e matemática.
    Figuras planas: lados e ângulos.
    Formas espaciais. vértices, faces e arestas.
    Visão espacial.

    Eixo Norteador: Grandezas e Medidas
    Habilidades: 
    Comparar e estimar medidas de grandezas por meio de estratégias pessoais ou
    convencionais utilizando unidade de medidas na resolução de problemas.
    Resolver problemas diversos envolvendo medidas de comprimento, superfície e volume.
    Realizar transformações entre medidas de uma mesma grandeza
    Conteúdos :
    Superfície de área.
    Comprimento: Perímetro.
    Volume: Capacidade.
    Transformações entre medida de uma mesma grandeza

    Eixo Norteador: Grandezas e Medidas
    Habilidades: 
    Interpretar dadosemgráficos de colunas e tabelas.
    Construir tabelas e gráficos de coluna.
    Construir ler e interpretar gráficos.
    Calcular e elaborar conclusões a partir da analise deumgráfico ou de uma tabela.
    Conteúdos :
    Pesquisa em lista e tabelas.
    Pesquisa de respostas objetivas.
    Organização dos dados de uma pesquisa em listas, tabelas e gráficos de coluna simples e duplas.



    Bibliografia.
    Referencial Curricular do Ensino Fundamental das escolas públicas do Estado do Tocantins: Ensino Fundamental do 1º ao 9º ano. 2ª Edição / Secretaria de Estado da Educação e Cultura. -TO: 2008.

    Habilidades e Conteúdos: 6° Ano - 1° Bimestre:



    Eixo Norteador: Números e Operações
    Habilidades: 
    Desenvolver estratégias de verificação e controle de resultados através do cálculo mental e da calculadora;
    Determinar seqüencias numéricas e não numéricas;
    Identificar e utilizar operações adequadas a partir do seu conceito para resolver uma dada situação - problema do cotidiano utilizando procedimento de cálculos pessoais e convencionais;
    Representar os números naturais na reta numérica;
    Representar na reta numérica os números Naturais e estabelecer critérios de comparação e ordenação.
    Conteúdos :
    Conjunto dos números naturais;
    Seqüencia numérica e ordenamento;
    Calculo exato, aproximado, metal e escrito;
    Operações

    Eixo Norteador: Espaço e Forma
    Habilidades: 
    Demonstrar visão espacial de figuras tridimensionais ;
    Reconhecer os polígonos que compõem as faces dos poliedros;
    Identificar propriedades comuns e diferenças entre figuras bidimensionais  e tridimensionais, relacionando - as com as suas planificações;
    Relacionar os sólidos geométricos a objetos do cotidiano; 
    Classificar figuras tridimensionais em corpos redondos, poliedros e pirâmides;
    Explorar objetos do mundo físico, de obras de arte, pintura, desenhos, esculturas, e artesanatos fazendo conexões com outras áreas do conhecimento;
    Conteúdos :
    Poliedros e corpos redondos;
    Classificação;
    Elementos;
    Planificação
    Perspectiva

    Eixo Norteador: Grandezas e Medidas
    Habilidades: 
    Identificar a medida como um número que representa o resultado da comparação entre duas grandezas de mesma natureza;
    Identificar a importância social da escolha de unidades padronizadas e de seu uso;
    Construir o conceito de medida levando em conta o número que descreve a comparação de duas grandezas e sua importância social;
    Conhecer e utilizar instrumentos adequados para medir e analisar a interdependência entre grandezas e expressa-la algebricamente e ou geométricas;
    Comparar e estimar medidas de grandezas por meio de estratégias pessoais ou convencionais utilizando unidade de medidas na resolução de problemas;
    Conteúdos :
    Medidas;
    O conceito de medida;
    O que é Medir;
    Unidades padronizadas e não padronizada;

    Eixo Norteador: Tratamento da Informação
    Habilidades: 
    Ser capaz de coletar e organizar dados utilizando estratégias pessoais e convencionais de classificação para interpretar as informações veiculadas no dia a dia.
    Conteúdos :
    Pesquisa de resposta objetiva;
    Organização dos dados de uma pesquisa em listas, tabelas e gráficos de coluna

    Bibliografia.
    Referencial Curricular do Ensino Fundamental das escolas públicas do Estado do Tocantins: Ensino Fundamental do 1º ao 9º ano. 2ª Edição / Secretaria de Estado da Educação e Cultura. -TO: 2008.


    Planejamento em Matemática: Competências

    Eixo Norteador:
    Números e Operações


    Competências:  
    Ser capaz de perceber a importância dos números, suas prioridades, suas interrelações, seus significados e o modo como, historicamente foi construído, bem como sua eficácia na resolução de situações-problema no seu cotidiano.

    Eixo Norteador: 
    Espaço e Forma


    Competências: 
    Ser capaz de ver que a geometria, contribui para aprendizagem dos números e medidas, estimulando a observação, a percepção de semelhanças e diferenças, a construção, a aplicação de propriedades e a transformação de figuras.

    Eixo Norteador: 
    Grandezas e Medidas

    Competências: 
    Compreender o significado das medidas, a partir de situações-problema que expressem seu uso no contexto social e em outras áreas do conhecimento e que possibilitem a comparação de grandezas de mesma natureza.

    Eixo Norteador
    Tratamento da Informação


    Competências
    Ser capaz de utilizar-se da Estatística, em função de seu uso atual para compreender as informações veiculadas em seu contexto.

    Planejamento em Matemática: Eixo Norteadores

    Observe as sugestões quando aos eixos norteadores de matemática segundo o Referencial Curricular do Ensino Fundamental do Estado Tocantins. 

    Números e Operações

                A matemática deve ser apresentada ao aluno como uma área do conhecimento humano, que historicamente vem se estruturando em função das transformações sociais. Além disso, conhecer a história que levou ao surgimento dos diversos tipos de números (naturais, negativos, racionais e irracionais) ajuda o aluno a apropriar-se dos seus conceitos e das propriedades numéricas, reconhecendo o grande valor destes para o convívio em sociedade.
    As operações matemáticas constituem, uma ferramenta, quando se utiliza delas para modelizar situações do cotidiano, e objeto de estudo, quando fica centrada no estudo de seus conceitos, termos e propriedades. A abordagem destes dois aspectos (com predominância do primeiro) é necessária para que o aluno não somente tenha domínio dos algoritmos (saber fazer), como também saiba utilizar-se destes para representar e solucionar situações problemas contextualizadas (saber ser).
    Os conceitos algébricos que também incorporam a este bloco de conteúdos, são os principais responsáveis por uma importante competência para este nível de ensino: a abstração, que se inicia nos primeiros anos do ensino fundamental com o significado de variável e intensifica-se com o estudo das equações e inequações até a compreensão inicial do conceito de função. O estudo da álgebra é fundamental para que o aluno possa generalizar padrões aritméticos e estabelecer relações entre diversas grandezas.

    Espaço e Forma

    O estudo dos conceitos geométricos revela o lado sedutor da matemática, as possíveis conexões de seus conteúdos com diversos fatores presentes no meio social (formas, áreas, volumes, planos, etc.) permite uma abordagem rica em imagens, desenhos e manipulações de objetos, talvez por isso, seja a parte da matemática em que os alunos demonstram mais interesse. Os conteúdos selecionados neste bloco devem permitir que o aluno seja capaz de compreender, descrever e transcrever o mundo em que vive em linguagem simbólico matemática; reconhecer as regularidades e irregularidades das propriedades dos objetos geométricos e seus elementos (lados, ângulos, diagonais, vértices...), utilizando-os na solução de problemas do seu dia-a-dia; compreender conceitos como congruência e semelhança, e estabelecer parâmetros para situar objetos no espaço, envolvendo distâncias (intervalos de espaço) e tempo (intervalos de tempo).
    É importante que o aluno perceba a relação destes conteúdos com algumas áreas de conhecimentos aplicados (engenharia, construção civil, pintura, escultura etc) isto ajuda a reforçar a aplicabilidade dos conhecimentos desenvolvidos, revelando a matemática como uma ciência atual de inestimada importância para a sociedade.


    Grandezas e Medidas

    Desde muito cedo, a criança é condicionada a conviver com horários, distâncias e a julgar sobre massa, volume e temperatura dos objetos. O conhecimento sobre estas e outras grandezas são importantes para que o aluno possa participar ativamente do processo social no qual está inserido, para tanto, é preciso que a escola favoreça que o aluno evolua de modo a ir além do conhecimento empírico desenvolvido no seu meio familiar/social.
    Por seu caráter prático e utilitário, este bloco permite fácil contextualização dos seus conteúdos e múltiplas conexões com outras áreas do conhecimento (matemático ou não), em especial, relacionando-se com o Espaço e Forma no estudo de grandezas como velocidade, superfície, capacidade entre outras e dando significado aos Números e Operações.

    Tratamento da Informação

    Uma sociedade complexa, no qual um volume muito grande de informações é processado a cada dia, necessita de cidadãos cada vez mais preparados para lidar com tais conhecimentos de forma a não perder sua identidade e apropriar-se das informações importantes para manter-se no convívio social e no exercício de sua cidadania. Neste processo, a matemática entra como fundamental ferramenta, pois através dos conteúdos organizados neste bloco, o aluno constrói procedimentos estatísticos de coleta, organização e comunicação de dados utilizando tabelas, gráficos e outras formas de representações de uso frequente; como também, pode utilizar-se de experimentos probabilísticos para confrontar resultados obtidos com hipóteses baseadas nas noções de acaso e/ou incerteza.
    Além da estatística e da probabilidade é importante que o aluno utilize fundamentos do cálculo combinatório na solução de situações-problemas que envolvam combinações, arranjos, permutações e, em especial, o princípio multiplicativo da contagem.

    sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

    Planejamento em Matemática

    Sabe-se que um bom planejamento evita problemas posteriores, com certeza a primeira semana do ano é a mais importante para qualquer escola e principalmente para os professores: é neste momento que os professores começam a separar os livros, selecionar atividades, elaborar e reelaborar projetos ações que visam o desenvolvimento das habilidades e competências dos discentes.
    O planejamento “é um instrumento direcional de todo o processo educacional, pois estabelece e determina as grandes urgências, indica as prioridades básicas, ordena e determina todos os recursos e meios necessários para a consecução de grandes finalidades, metas e objetivos da educação.” (MENEGOLLA & SANT’ANNA, 2001, p.40).
    Plano de Aula “ é a sequência de tudo o que vai ser desenvolvido em um dia letivo. (...) É a sistematização de  todas as atividades que se desenvolvem no período de tempo em que o professor e o aluno interagem, numa dinâmica de ensino-aprendizagem”. (PILETTI, 2001, p.73)
    Assim, este momento é muito peculiar para que os professores possam a começar a pensar nas diversas estratégias metodológicas para que possam atingir as metas para este ano.  E se tratando da disciplina de matemática, sabem – se desde os primórdios das civilizações a matemática foi ligada ao cotidiano das pessoas de forma a subsidiar decisões e resolução de questões apresentada no dia-a-dia.
    Sabe-se também que a matemática constitui ferramenta importante no desenvolvimento de diversas áreas do conhecimento como administração, economia, química, física, arquitetura, engenharia, informática, dentre outras.  Porém torna – se primordial a abordagem desta de forma interdisciplinar e contextualizada com o cotidiano do aluno para que os alunos possam desenvolver as habilidades e competências de acordo com o nível de ensino.  
    E tratando do planejamento da disciplina de matemática os professores devem selecionar bem os conteúdos, pois é essencial para o desenvolvimento das habilidades, garantindo assim, uma aprendizagem significativa e eficiente para o aluno como também para o professor e para a sociedade. De acordo com os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN) de Matemática para o Ensino Fundamental, propõe se a divisão dos conteúdos em quatro grandes blocos que servirão como eixos norteadores da prática pedagógica do professor, a saber: Números e Operações, Espaço e Forma, Grandezas e Medidas e Tratamento da Informação.
    O professor deverá planejar as aulas, seja diário, semanal, quinzenal e mensal de modo a contemplar cada um desses eixos, com competências, habilidades e conteúdos específicos.  

    Google+ Followers